Reuniões em Apucarana discutem demandas do Acordo Aditivo

Reunião do Sindicato de Apucarana com funcionários do Santander na agência da praça da Catedral Reunião do Sindicato de Apucarana com funcionários do Santander na agência da praça da Catedral
segunda-feira, 20/06/2016

O diretor do Sindicato de Apucarana, Agnaldo Gonçalves, conversa com bancáiros da agência Barra Funda 

Nesta segunda-feira (20/06), a diretoria do Sindicato de Apucarana se reuniu com bancários e bancárias do Santander para marcar o Dia Nacional de Luta por avanços no Acordo Aditivo.

As reuniões ocorreram nas agências da Praça da Catedral e da Barra Funda. Nos encontros foram feitos relatos a respeito das três rodadas de negociação com o banco e distribuídos exemplares do jornal específico com demandas do Santander.

Segundo Maria Salomé Fujji, presidenta do Sindicato de Apucarana, o banco espanhol não tem justificativas para negar as reivindicações dos funcionários, já que no primeiro trimestre deste ano obteve lucro líquido de R$ 1,66 bilhão, com alta de 1,7% em comparação com o montante apurado no mesmo período do ano passado.

“O Dia Nacional de Mobilização é uma maneira de denunciar a falta de valorização dos bancários e bancárias que caracteriza a atuação do Santander mercado brasileiro. Este excelente resultado foi obtido mesmo com a falta de pessoal e com a enorme sobrecarga de serviços, restando agora reconhecer o empenho dos funcionários contemplando as reivindicações que foram apresentadas para a renovação do Acordo Aditivo”, cobra Salomé.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE