CONTRA O DESMONTE

Atividade em Arapongas reforça campanha em defesa dos bancos públicos

Dirigentes do Sindicato buscaram apoio de clientes e usuários do Banco do Brasil na luta em defesa dos bancos públicos Dirigentes do Sindicato buscaram apoio de clientes e usuários do Banco do Brasil na luta em defesa dos bancos públicos
sexta-feira, 07/12/2018

Durante a atividade foi distribuído material destacando a importância dos bancos públicos para o País

Dirigentes do Sindicato de Apucarana realizaram na quinta-feira (6/12), atividade na agência do Banco do Brasil em Arapongas, seguindo orientação da Contraf-CUT, no Dia Nacional em Defesa dos Bancos Públicos.

De acordo com José Roberto Brasileiro, presidente do Sindicato de Apucarana, durante a manifestação foi distribuído material com informações aos clientes, usuários e funcionários do BB destacando a importância das instituições financeiras federais para o desenvolvimento do País.

“Os bancos públicos são responsáveis para liberar recursos destinados à agricultura, ao fomento de pequenas e médias empresas, à Educação, infraestrutura das cidades e agentes de políticas sociais. São ações que nenhum banco privado é capaz de fazer, porque só estão preocupados em ampliar seus lucros”, salienta.

Brasileiro afirma que tanto o governo Michel Temer (MDB), quanto o de Jair Bolsonaro (PSL), não estão preocupados em manter esse sistema, pelo contrário, estão a serviço dos bancos privados para desmontar o aparato público naquilo que for de interesse deles.

“Estão em risco os programas Bolsa Família, o Fies, as loterias da Caixa e seus repasses para áreas sociais, bem como a gestão das contas do FGTS e de diversos outros fundos de investimentos que hoje estão nas mãos dos bancos públicos”, argumenta o presidente do Sindicato de Apucarana.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE