Dirigentes do Sindicato participam do 23º Grito dos Excluídos

O Grito dos Excluídos encerrou o desfile do Dia da Independência do Brasil realizado ontem (7/09), em Apucarana O Grito dos Excluídos encerrou o desfile do Dia da Independência do Brasil realizado ontem (7/09), em Apucarana
sexta-feira, 08/09/2017

O Sindicato de Apucarana abraçou as bandeiras de luta do 23º Grito dos Excluídos

A manifestação reuniu diversas entidades sindicais e do movimento popular de Apucarana e Região

Diretores e diretoras do Sindicato de Apucarana participaram ontem (7/09), do 23º Grito dos Excluídos, tradicional protesto organizado pelas Pastorais da Igreja Católica, entidades sindicais e populares como forma de combater a desigualdade no País.

O tema deste ano foi tema “A Vida em Primeiro Lugar” e o lema "Por Direito e Democracia a Luta é todo Dia", que remetem pela necessidade de se preservar o meio ambiente e respeitar a vida, bem como os direitos trabalhistas e sociais que estão em risco com as políticas adotadas pelo governo Michel Temer (PMDB).

Segundo José Roberto Brasileiro, diretor do Sindicato de Apucarana, a entidade participa do Grito dos Excluídos por entender que esta manifestação é um exercício da cidadania na luta em defesa das camadas mais necessitadas da população brasileira.

“Como bancários não estamos preocupados tão somente com as questões que dizem respeito à nossa categoria, mas também com aquelas que envolvem toda a sociedade, que corre o risco de perder os serviços prestados pelo Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal e outros que estão ameaçados com o congelamento dos investimentos nas áreas de saúde, educação, dentre outras”, aponta.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE