Sindicato paralisa agência de Siqueira Campos contra a rotatividade

Carlos Roberto de Freitas e José Ubiraci de Oliveira, na Operação "Demitiu, Parou" no Itaú em Siqueira Campos Carlos Roberto de Freitas e José Ubiraci de Oliveira, na Operação "Demitiu, Parou" no Itaú em Siqueira Campos
quinta-feira, 21/01/2016

A diretoria do Sindicato de Arapoti promoveu ontem (20/01) a Operação “Demitiu, Parou” na agência do Itaú em Siqueira Campos.

José Ubiraci de Oliveira, presidente do Sindicato, afirma que o protesto foi motivado pela demissão, sem justa causa, do gerente geral da unidade, que tem 26 anos de serviços prestados ao banco.

“O Itaú está apostando na rotatividade e no enxugamento de seu quadro para aumentar ainda mais seus lucros. Este funcionário era remanescente do Banestado e foi dispensado tão somente para que o banco possa economizar com a folha de pagamento, como se precisasse disso”, questiona José Ubiraci.

Entre janeiro e setembro do ano passado, o Itaú cortou 2.642 postos de trabalho no país, o que equivale a 3% do seu quadro de pessoal, e fechou 42 agências. 

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE