Assembleia na sexta (1º/12) discute participação na Greve Nacional

A Greve Nacional no dia 5/12 está sendo convocada pela CUT para impedir a aprovação da reforma da Previdência A Greve Nacional no dia 5/12 está sendo convocada pela CUT para impedir a aprovação da reforma da Previdência
quinta-feira, 30/11/2017

A diretoria do Sindicato de Arapoti está convocando os bancários e bancárias que atuam na base territorial da entidade para Assembleia Geral a ser realizada nesta sexta-feira (1º/12), que tem como pauta deliberação a respeito da paralisação das atividades no dia 5 de dezembro, dia da Greve Nacional contra a reforma da Previdência.

A Assembleia ocorrerá na Sede do Sindicato, localizada à Rua dos Expedicionários, 183, em Arapoti, a partir das 16h30.

Carlos Roberto de Freitas, presidente do Sindicato de Arapoti, lembra que esta mobilização está sendo convocada pela CUT e demais Centrais Sindicais com o objetivo de impedir que a proposta do governo Michel Temer (PMDB) seja aprovada no Congresso Nacional.

“Essa reforma não corta privilégios dos políticos, estes sim que trabalham pouco e ganham muito, e só penaliza a Classe Trabalhadora, que precisará contribuir por 40 anos para receber o benefício integral”, aponta Carlos.

Na avaliação dele, só com muita pressão será possível fazer com que os deputados rejeitem essa proposta de Temer para acabar com a Previdência Social e abrir caminho para o setor privado ampliar a venda de seus planos de previdência privada.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE