Reunião no BB aborda reforma trabalhista e defesa dos bancos públicos

Reforma trabalhista e defesa dos bancos públicos estiveram em debate na reunião no BB de Arapongas nesta segunda-feira (21/11) Reforma trabalhista e defesa dos bancos públicos estiveram em debate na reunião no BB de Arapongas nesta segunda-feira (21/11)
terça-feira, 21/11/2017

Dando prosseguimento à mobilização da categoria contra a política de retrocesso do governo Michel Temer (PMDB), a diretoria do Sindicato de Apucarana se reuniu nesta terça-feira (21/11) com funcionários e funcionárias do Banco do Brasil em Arapongas.

No encontro foi abordada a reforma trabalhista e seus reflexos nos direitos, a campanha em defesa dos bancos públicos e dados informes jurídicos.

Maria Salomé Fujii, presidenta do Sindicato de Apucarana, afirma que estes debates são necessários para que seja fortalecida a luta pela manutenção dos bancos públicos e os programas por eles desenvolvidos junto à sociedade, em especial aqueles dirigidos às camadas mais pobres da população.

“Alertamos para o que significa o distanciamento do BB e da Caixa dos papéis por eles desempenhados no País, voltados para investimentos na produção, geração de empregos e no desenvolvimento social, que poderão ser abandonados caso Temer leve adiante esse projeto de governo que privilegia o grande capital”, relata Salomé.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE