Atividade em Cambé destaca combate ao assédio moral

O Sindicato orientou os funcionários a denunciar casos de assédio moral no BB O Sindicato orientou os funcionários a denunciar casos de assédio moral no BB
segunda-feira, 27/11/2017

Na agência do BB em Cambé também foram recolhidas apoios ao documento contra fechamento de unidades

O folder com informações a respeito do Acordo Coletivo de Trabalho celebrado com os bancos para combater o assédio moral foi distribuído nesta segunda-feira (27/11) pela diretoria do Sindicato de Londrina aos funcionários e funcionárias do Banco do Brasil em Cambé.

“Orientamos o funcionalismo a utilizar o canal de denúncias para que o banco puna os responsáveis por esse tipo de violência organizacional e mantenha o ambiente de trabalho saudável”, relata Gisa Bisotto, secretária Geral do Sindicato de Londrina.

De acordo com Gisa, na reunião em Cambé também foram debatidas as ameaças aos direitos com a reestruturação que está ocorrendo no BB, os boatos que circulam nas Redes Sociais e a reforma trabalhista.

“Aproveitamos a oportunidade também para recolher apoios ao abaixo-assinado contra o fechamento de agências e redução dos serviços oferecidos nas unidades, outra forma que a atual diretoria encontrou para precarizar ainda mais o atendimento”, finaliza.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE