BB implanta programa de readequação de pessoal sem dialogar com Sindicatos

BB implanta programa de readequação de pessoal sem dialogar com Sindicatos
sexta-feira, 05/01/2018

Agindo, mais uma vez, de forma unilateral, sem comunicação prévia ou negociação com as representações sindicais, a diretoria do Banco do Brasil divulgou nesta sexta-feira (5/01), o PAQ (Programa de Adequação de Quadros).

Esse Programa prevê desligamento voluntário e incentivado dirigido a funcionários e funcionárias que a direção do banco chama de excedentes, incentivos à remoção e possibilidade de transferência compulsória de funcionários.

Ao mesmo tempo em que lança o PAQ, o BB divulgou a criação e extinção de vagas em comissão em todo o País, causando mais apreensão e intranquilidade no quadro, a exemplo do que ocorreu quando foi iniciada a reestruturação, no final de 2016.

“Essa nova etapa do desmonte já era esperada, pois informações divulgadas no mês de novembro do ano passado já davam conta de que o banco iria lançar uma adequação de pessoal, com o objetivo de solucionar problemas com a dotação em grandes centros pelo o que eles consideram excedentes nas unidades localizadas em praças com demanda menor de serviços ou que vierem a ser fechadas”, recorda Gisa Bisotto, secretária Geral do Sindicato de Londrina.

Gisa afirma que o Sindicato estará acompanhando e buscando informações com o Regional para atuar na base de Londrina enquanto aguarda orientações da Comissão de Empresa.

Clique aqui para ler o regulamento do PAQ.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE