Agências do interior sofrem com falta de pessoal e aumento de clientes

Agências do interior sofrem com falta de pessoal e aumento de clientes
quinta-feira, 25/01/2018

Preocupado somente em reduzir o quadro de pessoal, o Bradesco conseguiu um elevado número de adesões ao PDVE (Plano de Desligamento Voluntário Especial), lançado em julho do ano passado.

Mas essa falta de planejamento no processo que ocorreu após a incorporação das agências do HSBC acabou gerando inúmeros problemas nas unidades do banco, principalmente nas localizadas nos pequenos municípios do País.

Na base do Sindicato de Apucarana, segundo Maria Salomé Fujii, presidenta da entidade, a situação se agravou ainda mais com a migração de clientes e aposentados que tinham contas nas agências do Banco do Brasil que foram fechadas em 2017.

“A dotação de funcionários e funcionárias do Bradesco não é suficiente para atender ao enorme fluxo e, além do estresse, o ritmo acelerado do trabalho está fazendo aumentar os casos de adoecimentos”, afirma.

De acordo com Salomé, o Sindicato de Apucarana está cobrando da Superintendência Regional do banco contratações para regularizar a situação das unidades que estão enfrentando problemas com falta de pessoal, pois este é o caminho para garantir condições de trabalho e atendimento adequado aos clientes e usuários.

Por Armando Duarte Jr. 

COMPARTILHE