Reuniões mobilizam funcionários no Dia de Luta na base de Arapoti

Carlos Roberto de Freitas, presidente do Sindicato, na reunião com o pessoal do Bradesco em Siqueira Campos Carlos Roberto de Freitas, presidente do Sindicato, na reunião com o pessoal do Bradesco em Siqueira Campos
quarta-feira, 25/04/2018

A atividade no Dia de Luta dos funcionários do Bradesco também foi realizada em Joaquim Távora

O Sindicato de Arapoti realizou reuniões com bancários e bancárias do Bradesco na terça-feira (24/04), Dia Estadual de Luta por mais contratações e o fim das metas abusivas, nas agências de Siqueira Campos e de Joaquim Távora.

Foram repassados informes sobre os problemas gerados pela falta de pessoal nas unidades depois que houve a incorporação do HSBC, o aumento do número de aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que recebem seus benefícios do banco e o PDVE (Programa de Demissão Voluntária Especial), lançado no ano passado.

“Conversamos com o pessoal sobre a necessidade de pressionar o banco a discutir soluções para as condições de trabalho nas unidades, que estão muito precárias e passam, necessariamente, por contratações urgentes”, relata Carlos Roberto de Freitas, presidente do Sindicato de Arapoti.

Carlos também defende negociação sobre a fixação das metas, que, segundo ele, estão em níveis inalcançáveis no Bradesco nos últimos tempos.

“Os bancários e bancárias estão abarrotados de serviço, sem tempo para atender os clientes, muito menos para oferecer a eles os produtos que o banco quer empurrar de qualquer jeito”, salienta.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE