MOBILIZAÇÃO ESTADUAL

Sindicato de Apucarana paralisa agência do Bradesco na luta contra demissões

Sindicato de Apucarana participou do Dia Estadual de Luta contra demissões no Bradesco Sindicato de Apucarana participou do Dia Estadual de Luta contra demissões no Bradesco
segunda-feira, 05/10/2020

O Dia Estadual de Luta dos Funcionários do Bradesco em defesa dos empregos foi marcado em Apucarana, nesta segunda-feira (5/10), com a paralisação do expediente da agência localizada na Avenida Curitiba, antigo HSBC.

Durante o protesto foram denunciadas as mais de 200 demissões efetuadas pelo banco nos últimos dias em diversas cidades brasileiras, numa atitude de desrespeito ao compromisso assumido pelo Bradesco junto ao Comando Nacional dos Bancários de não promover dispensas sem justa causa durante a pandemia do novo coronavírus.

A presidenta do Sindicato de Apucarana, Rose Zanin, afirma que esse processo de demissões em massa não se justifica, pois o banco obteve lucro líquido de R$ de R$ 7,626 bilhões no primeiro semestre deste ano e o próprio presidente da instituição, Octavio de Lazari, declarou à imprensa que não havia qualquer plano de redução de quadros dentro da reestruturação.

“Agora, todos os funcionários e funcionárias foram pegos de surpresa com essas demissões e estão apreensivos com os rumores de alterações nas dotações das agências, visando dispensar aqueles que estiveram “sobrando”, relata Rose, acrescentando que a COE (Comissão de Organização dos Empregados) do Bradesco está cobrando negociações para suspender esses cortes.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE