Atividade nesta terça (10/10) reforça defesa dos bancos públicos

Atividade nesta terça (10/10) reforça defesa dos bancos públicos
terça-feira, 10/10/2017

Durante a manifestação desta terça (10/10), a diretoria do Sindicato de Cornélio Procópio também recolheu apoios ao abaixo-assinado pela anulação da reforma trabalhista

Dando continuidade à mobilização em defesa dos bancos públicos, a diretoria do Sindicato de Cornélio Procópio realizou nesta terça-feira (10/10) atividade em frente à agência do Banco do Brasil.

Foi distribuída Carta Aberta aos clientes e à população em geral, produzida pela Contraf-CUT, destacando a importância dos bancos federais para o País, apontando os programas desenvolvidos pelo BB, Caixa Econômica Federal, Basa (Banco da Amazônia), BNB (Banco do Nordeste do Brasil) e do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Social).

O Sindicato de Cornélio Procópio também aproveitou a oportunidade para recolher apoios ao abaixo-assinado que será transformado em Projeto de Lei de Iniciativa Popular propondo a anulação da reforma trabalhista.

“Diante do momento pelo qual o País está passando precisamos mobilizar não só a categoria bancária, mas também o conjunto da Classe Trabalhadora e a sociedade para impedir a entrega das empresas públicas, das nossas riquezas e da soberania do País ao capital especulativo internacional, como está fazendo o governo Temer”, avalia Elizeu Marcos Galvão, presidente do Sindicato de Cornélio Procópio.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE