Assembleia da categoria aprova reajuste de 5% e manutenção dos direitos

Durante a Assembleia foram detalhadas as propostas definidas nas negociações com os bancos Durante a Assembleia foram detalhadas as propostas definidas nas negociações com os bancos
sexta-feira, 31/08/2018

Em Assembleia Geral Extraordinária realizada nesta quinta-feira (30/08), bancários e bancárias que atuam na base territorial do Sindicato de Cornélio Procópio deliberaram pela aceitação das propostas da Campanha Nacional Unificada 2018 negociadas com os bancos.

A diretoria do Sindicato defendeu a aprovação, seguindo orientação do Comando Nacional dos Bancários e por entender que os acordos fechados nas mesas de negociações com os bancos trazem vantagens diante da conjuntura atual.

“Assegurar um índice de reajuste superior à inflação e a manutenção de todos os direitos é um grande feito desta Campanha. A maioria das categorias não está conseguindo isso nas negociações com as empresas e estão sendo obrigadas a aceitar cláusulas que seguem a nova legislação trabalhista”, compara Elizeu Marcos Galvão, presidente do Sindicato de Cornélio Procópio.

Elizeu afirma que outro ponto importante da Campanha Unificada é o parcelamento, em até três vezes, do adiantamento das férias, novo direito que está sendo agregado à CCT (Convenção Coletiva de Trabalho).

No caso dos demitidos, a CCT 2018/2019 estabelece que a PLR proporcional será creditada automaticamente para aqueles que tiverem conta corrente no banco. Os demais terão que requerer o pagamento no prazo determinado.

“O Comando Nacional garantiu ainda a abrangência desse instrumento a todos os bancários e bancárias, até mesmo dos chamados hipersuficientes, que são os trabalhadores que ganham acima de 11 mil reais e poderiam negociar diretamente com os bancos seus direitos”, salienta o presidente do Sindicato de Cornélio Procópio.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE