Propostas dos bancos são aprovadas na base de Apucarana

Propostas dos bancos são aprovadas na base de Apucarana
sexta-feira, 31/08/2018

Na Assembleia foram analisadas as conquistas da categoria na Campanha 2018

Bancários e bancárias reunidos na Assembleia do Sindicato de Apucarana, nesta sexta-feira (31/08), aprovaram as propostas negociadas entre o Comando Nacional dos Bancários, a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal.

José Roberto Brasileiro, presidente do Sindicato de Apucarana, avalia que a estratégia adotada pelo Comando Nacional dos Bancários, de antecipar a Campanha Nacional Unificada 2018 foi acertada, garantindo a sequência de mais índices de aumento real nos salários e demais cláusulas econômicas, além de manter todos direitos previstos na CCT (Convenção Coletiva de Trabalho).

“Ao mesmo tempo em que mobilizou a categoria, com atividades realizadas nos últimos dias pelos Sindicatos de todo o País, o Comando apostou no diálogo como saída para evitar impasses nas mesas de negociações. Com isso, conseguimos impedir retrocessos nas conquistas, com a aplicação da reforma trabalhista, como queriam os bancos, celebramos um acordo com validade de dois anos”, argumenta.

A proposta da Fenaban, já aprovada na maioria das Assembleias do País, estabelece a vigência da CCT para 2018/2019, prevendo para setembro do ano que vem um reajuste baseado na inflação acumulada mais 1% de ganho real.

A assinatura da CCT entre a Contraf-CUT, demais entidades sindicais e a Fenaban ocorre nesta sexta-feira (31/08), em São Paulo. Com isto, os bancos deverão creditar até o dia 20 de setembro a antecipação da PLR aos funcionários.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE