Encontros definem reivindicações específicas por bancos

Encontros definem reivindicações específicas por bancos
quinta-feira, 07/06/2018

Os bancários e bancárias dos cinco maiores bancos do País (Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Santander) e do Banco Mercantil do Brasil participam nestes dias 7 e 8 de junho, em São Paulo, de Encontros Nacionais de suas corporações.

O principal objetivo é definir as demandas dos trabalhadores e trabalhadoras de cada um dos bancos e elaborar as minutas de reivindicações específicas.

“Existem demandas gerais, que serão definidas na Conferência Nacional da categoria e são negociadas pelo Comando Nacional dos Bancários com a Fenaban, mas outras são específicas por bancos. São questões que existem em alguns bancos e em outros não. Estes casos são negociados pelas COEs (Comissões de Organização dos Empregados) de cada um dos bancos com as direções das respectivas instituições. Estas questões são levantadas nestes encontros nacionais”, explicou o secretário Geral da Contraf-CUT, Gustavo Tabatinga Jr. 

Caixa

O 34º Conecef (Congresso Nacional dos Empregados da Caixa Econômica Federal) terá como principais eixos do debate o corte de direitos, a defesa da manutenção do caráter 100% público do banco, do Saúde Caixa e da Funcef.

O 34º Conecef está sendo realizado no Hotel San Rafhael, em São Paulo.

Banco do Brasil
As atividades do 29º Congresso Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil ocorrem na Quadra do Sindicato dos Bancários de São Paulo.

Confira programação
 

Bradesco e Santander
Os encontros nacionais dos bancários e bancárias do Bradesco e do Santander estão sendo realizados na sede do Sindicato dos Bancários de São Paulo.

Confira a programação do Bradesco

Confira a programação do Santander

 

Itaú e BMB
As atividades do Itaú e do Banco Mercantil ocorrem na sede da Contraf-CUT, em São Paulo.

Confira a programação do Itaú

Dia 7 de junho: quinta-feira

9h00 às 10h00 - Abertura

Mesa 1 - Saúde e Condição Trabalho

Palestra: A Saúde do Trabalhador após a Reforma Trabalhista

Apresentação dos debates do Grupo de Trabalho em Saúde e Condições de Trabalho, Proposta e Plano de Lutas
Horário: 10h00 às 11h00
 

Mesa 2

- Fundação Itaú e Previdência
- Apresentação da posição atual da fundação Itaú e Principais Planos

Horário: 11h30 às 13h00
 

Mesa 3

- Emprego e Novas Tecnologias/ Impacto das reformas Trabalhistas
- Conjuntura Sindical e Políticas
Horário:
 14h30 às 18h00

- Conjuntura Sindical e Políticas
- Emprego e Novas Tecnologias/ Impacto das reformas Trabalhistas

Horário: 16h00 às 17h00
 

Dia 8 de junho

Início às 9h00 á 13h00
 

Mesa 1

- Apresentação do Acordo de CCV
Horário: 9h00 às 9h30

- Ponto Eletrônico Mensal e Termo Quitação da Jornada Anual
 

 Mesa 2

Apresentação das propostas do banco Itaú

Assunto: temas prioritários para negociação

 1) Termo de quitação anual
Instituir termo de quitação anual exclusivo quanto ao objeto de validade do ponto eletrônico a ser assinado pelo colaborador na presença do Sindicato, manifestando a fidelidade das marcações ou eventuais irregularidades que serão quitadas pelo banco.

2) Trabalho nos finais de semana e escala de folgas
Autorização para funcionamento aos finais de semana nas atividades essenciais e fluxo de comunicação em situações de trabalho eventual.

3) Intervalo de descanso e refeição
Intervalo intrajornada de 30 minutos para os empregados com jornada de 6 horas, sem majoração para 1 hora quando realizada horas extras.

4) Agência digital
Validação, pelo Sindicato, do modelo de negócio da agência digital (atividade diversa de call center, ausência de nocividade do ambiente de trabalho e metas estabelecidas, dentre outros) e funções exercidas pelos empregados.

Fonte: Contraf-CUT

COMPARTILHE