Ato Público na Caixa busca apoio à defesa dos bancos públicos

Ato Público do Sindicato de Cornélio Procópio convoca a população a lutar em defesa da soberania nacional Ato Público do Sindicato de Cornélio Procópio convoca a população a lutar em defesa da soberania nacional
terça-feira, 03/10/2017

Elizeu Marcos Galvão, presidente do Sindicato de Cornélio Procópio, passa informações a um cidadão a respeito da atividade contra o desmonte dos bancos públicos

Seguindo orientações da Contraf e da CUT, a diretoria do Sindicato de Cornélio Procópio realiza nesta terça-feira (3/10) Ato Público em frente à agência da Caixa Econômica Federal para divulgar a campanha em defesa dos bancos públicos.

Elizeu Marcos Galvão, presidente do Sindicato de Cornélio Procópio, afirma que está mobilização nacional é importante para trazer os brasileiros e brasileiras para esta luta contra o desmonte e privatização das empresas públicas, como que o governo de Michel Temer (PMDB).

“Hoje estão ocorrendo diversos protestos no País em defesa da soberania nacional, porque não são apenas os bancos, mas também as estatais do setor elétrico, saneamento e a própria Petrobras, que deveria ser responsável pela extração do petróleo no Brasil, mas está sendo deixada de lado por Temer para favorecer grandes grupos internacionais”, ressalta.

Nesta terça (3), a Petrobras completa 64 anos de fundação e para lembrar esta data a CUT e outras entidades estão promovendo no Rio de Janeiro uma grande manifestação em frente à matriz da empresa para combater o seu desmonte.


Lidiani Lopes, diretora do Sindicato de Cornélio,
recolhe apoios no documento que propõe
anulação da reforma trabalhista

Elizeu afirma que durante o Ato Público o Sindicato também está recolhendo apoios ao abaixo-assinado elaborado pela CUT que objetiva apresentar ao Congresso Nacional um Projeto de Lei de Iniciativa Popular para anular a reforma trabalhista.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE