Relator apresenta parecer sobre a CPI do HSBC

Relator apresenta parecer sobre a CPI do HSBC
quarta-feira, 11/05/2016

É esperada para amanhã (12/05), em Brasília, a apresentação do parecer do relator Ricardo Ferraço (PSDB-ES) na reunião da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do HSBC, que investiga contas não declaradas de brasileiros na Suíça. A sessão será iniciada às 14h30.

O posicionamento do senador está baseado nas informações enviadas em janeiro deste ano pela Justiça da França. Na ocasião, os franceses liberaram dados do escândalo conhecido como Swissleaks. Com isso, a Comissão teve acesso a toda a documentação referente aos correntistas da filial do banco em Genebra.

Segundo informou a Agência Senado, o Ministério da Justiça e a Procuradoria-Geral da República já possuíam cópias da documentação, mas não podiam compartilhá-la com a CPI sem o consentimento das autoridades europeias. Quando teve acesso ao conteúdo, Ferraço chegou a dizer que a Comissão renasceria.

O banco é acusado de ter facilitado a evasão de divisas para clientes de diversas nacionalidades entre 2005 e 2007. Estima-se que U$7 bilhões tenham deixado o Brasil sem a devida prestação de contas no período. O esquema foi denunciado por um ex-funcionário do HSBC, o analista de sistemas Hervé Falciani.

Formada por 11 titulares e sete suplentes, a CPI foi criada em março do ano passado e já foi prorrogada duas vezes. O presidente é o senador Paulo Rocha (PT-PA); o vice, Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Fonte: Agência Senado

COMPARTILHE