Diretores do Sindicato cobram PLR no HSBC

Os diretores do Sindicato de Arapoti, Alex Almeida, José Ubiraci de Oliveira e Carlos Roberto Freitas no protesto na agência do HSBC Os diretores do Sindicato de Arapoti, Alex Almeida, José Ubiraci de Oliveira e Carlos Roberto Freitas no protesto na agência do HSBC
segunda-feira, 29/02/2016

A agência do HSBC em Arapoti foi paralisada nessa segunda-feira (29/02), na atividade que integra o Dia Nacional de Luta pelo Pagamento da PLR aos funcionários da filial do banco inglês no Brasil.

O presidente do Sindicato de Arapoti, José Ubiraci de Oliveira, afirma que pegou muito mal o anúncio feito pelo banco na semana passada de que não pagará a segunda parcela da PLR aos funcionários.

“Todo ano eles ficam na expectativa para ver o que será feito da PLR e sempre acabam pagando caro pelos erros cometidos pela gestão do banco. E o pior é que nunca os números são apresentados para justificar mudanças nas regras ou até mesmo, como é o caso deste ano, o não pagamento deste direito”, argumenta.

José Ubiraci lembra que apesar de alegar resultados negativos, enquanto a maioria fica sem PLR ou com valores irrisórios, os executivos são agraciados com verdadeiras fortunas.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE