Protesto na principal agência do HSBC no Vale do Ivaí cobra pagamento da PLR

A agência de Apucarana do HSBC ficará fechada durante todo o dia em protesto pelo pagamento da PLR A agência de Apucarana do HSBC ficará fechada durante todo o dia em protesto pelo pagamento da PLR
segunda-feira, 29/02/2016

O Sindicato de Apucarana está paralisando hoje (29/02) a principal agência do HSBC na base territorial da entidade, como forma de fortalecer a mobilização nacional pelo pagamento da PLR aos funcionários da filial do banco inglês no país.

Segundo Antonio Pereira da Silva, diretor do Sindicato de Apucarana, o anúncio feito pelo banco de que não fará o pagamento da PLR ampliou a insatisfação entre os bancários e bancárias.

“O clima, que já não era bom, piorou ainda mais, pois todos cumpriram as metas estabelecidas e continuaram trabalhando normalmente, conforme foi orientado pelo próprio banco, mas na hora de receber por isso acabam ficando de mãos vazias”, salienta.

Antonio lembra que nos últimos anos o HSBC vem mudando as regras da PLR para pagar valores inferiores ao que estabelece a CCT (Convenção Coletiva de Trabalho), além de não divulgar os números reais para análise dos Sindicatos.

Por Armando Duarte Jr.  

COMPARTILHE