Sindicato paralisa agência do HSBC para cobrar PLR dos funcionários

A diretoria do Sindicato de Cornélio Procópio está cobrando o pagamento da PLR aos funcionários do HSBC A diretoria do Sindicato de Cornélio Procópio está cobrando o pagamento da PLR aos funcionários do HSBC
segunda-feira, 29/02/2016

Com cartazes e Carta Aberta, o Sindicato está denunciando
a forma como o HSBC trata os trabalhadores brasileiros

A agência do HSBC em Cornélio Procópio está com o expediente paralisado hoje (29/02), Dia Nacional de Luta dos Funcionários pelo pagamento da PLR 2015.

A diretoria do Sindicato de Cornélio Procópio está realizando o protesto e denunciando o calote que o banco inglês quer dar nos bancários e bancárias através de Carta Aberta e cartazes fixados na fachada da agência.

“Não podemos admitir, que após os funcionários terem trabalhado pesado para cumprir metas, superar as dificuldade e incertezas quanto ao futuro do emprego e terem como prêmio o anúncio de que não receberão a PLR de 2015”, critica Divonzir Lemos Carneiro, presidente do Sindicato de Cornélio Procópio.

Segundo Divonzir, o banco não divulgou o balanço da filial brasileira, mas já anunciou que não vai pagar a Participação.

“Faltam transparência e respeito aos trabalhadores brasileiros, que pelo quarto ano seguido ficam a ver navios na hora de receber a tão sonhada PLR”, finaliza.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE