Manifestação em Londrina cobra manutenção dos empregos no HSBC

Sindicato de Londrina cobra respeito e manutenção dos empregos no HSBC Sindicato de Londrina cobra respeito e manutenção dos empregos no HSBC
quarta-feira, 09/03/2016

“HSBC! Respeite o Brasil e os brasileiros. Chega de demissões” – Com esta frase, estampada numa faixa colocada na fachada da agência Mister Thomas, o Sindicato de Londrina protestou hoje contra a demissão de um funcionário naquela unidade do banco inglês.

A Operação “Demitiu, Parou” paralisou o expediente da agência e, também, da Regional do banco, que opera no mesmo prédio.

“Estamos cobrando o compromisso assumido pelo HSBC, de que não haveriam demissões injustificadas durante o processo de venda da filial brasileira ao Bradesco. Hoje foi dispensado um, amanhã podem ser dois ou três e depois vários pais e mães de família que tiram seu sustento com o trabalho no banco”, critica Valdecir Cenali, diretor do Sindicato de Londrina e representante do Vida Bancária na COE HSBC.

A luta pela manutenção dos empregos, segundo Valdecir, está em pé e a qualquer ameaça, seja do HSBC ou do Bradesco, de promover demissões em massa por causa dessa transação, serão combatidas com uma forte mobilização nacional.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE