Edição desta semana destaca propostas do Comando Nacional em defesa dos direitos

Edição desta semana destaca propostas do Comando Nacional em defesa dos direitos
terça-feira, 15/08/2017

O Termo de Compromisso, entregue no dia último 8/08 pelo Comando Nacional dos Bancários para a Fenaban, é tema da Capa do Vida Bancária deste semana. O documento faz um apelo aos bancos para que as Leis 13.429/2017, que liberou a terceirização em todas as atividades das empresas, e a 13.467/2017, que alterou mais de 100 artigos da legislação trabalhista, não afetem os direitos conquistados pela categoria com muita luta.

São 21 pontos que visam a proteção dos empregos e de direitos históricos, além de resguardar bancários e bancárias de ações que podem fragilizá-los ainda mais diante do poder dos bancos e das mudanças possíveis de serem feitas com a aprovação da reforma trabalhista.

No dia 24 de agosto o Comando estará reunido com a Fenaban para mais uma rodada de negociação permanente, quando espera-se que os bancos apresentem um posicionamento a respeito do Termo de Compromisso.

“A reforma trabalhista e a liberação das terceirizações em todas as atividades das empresas abrem caminho para uma desregulamentação brutal de direitos fundamentais da Classe Trabalhadora e nossa categoria será uma das mais afetadas, porque os bancos foram mentores de diversas mudanças feitas na legislação”, ressalta Regiane Portieri, presidenta do Sindicato de Londrina. Por isso, Regiane acredita que a mobilização dos bancários e bancárias será necessária para que os bancos assumam os termos apresentados pelo Comando Nacional e evite a precarização do emprego, assim como as relações de trabalho no setor financeiro.

Clique aqui para ler o Termo de Compromisso.

BB esfola clientes para ampliar lucro

O destaque nas páginas centrais do Vida 1.449 é o lucro líquido obtido pelo Banco do Brasil no primeiro semestre deste ano, que atingiu 5,2 bilhões. Este valor representa um crescimento de 67,3% de crescimento em relação ao montante apurado no mesmo período do ano passado.

Segundo informou o banco, o excelente desempenho é resultante do aumento das tarifas cobradas dos clientes, aliado à redução de despesas com pessoal. . Com isto, a cobertura das despesas com pessoal pelas receitas secundárias do banco foi de 113,5% no primeiro semestre.

“O Banco do Brasil está agindo com os bancos privados, esfolando os clientes com tarifas altíssimas, ao mesmo tempo em que está explorando funcionários com aumento na demanda de serviços. O resultado disso é um lucro maior e distanciamento do seu papel enquanto banco público”, critica Ivaí Lopes Barroso, diretor do Sindicato de Cornélio Procópio e representante do Vida Bancária na Comissão de Empresa dos funcionários do BB.

Na pág. 2, o jornal denuncia o fechamento de quatro agências do Bradesco em cidades localizadas na base territorial do Sindicato de Cornélio Procópio.

O banco, que fechou o balanço dos seis primeiros meses de 2017 com lucro líquido de R$ 9,4 bilhões vai fechar unidades em Santo Antonio da Platina, Jacarezinho, Andirá e Bandeirantes, ampliando assim a sobrecarga de serviços dos bancários e bancárias, além de precarizar o atendimento aos clientes e usuários destes municípios.

Outra importante notícia critica a mais nova estratégia adotada pelo Itaú para se defender das inúmeras ações que responde junto à Justiça do Trabalho por não ter pagado corretamente direitos de seus funcionários.

Por meio do curso “E-learning de Testemunhas”, desenvolvido por um departamento criado especialmente para este fim, o banco, também campeão em lucros, convoca bancários e bancárias a defender a empresa perante o juízo e os induz a agir e se portar como se fossem os próprios donos do Itaú.

Orientações sobre PDVEs

O Vida Bancária traz ainda, de forma reduzida, relatos a respeito das reuniões promovidas pelo Sindicato de Londrina nos dias 8 e 9 de agosto, respectivamente, com funcionários da Caixa Econômica Federal e do Bradesco, para discutir e sanar dúvidas a respeito dos planos de demissão voluntária lançados por estas duas instituições.

Na Caixa, o período para adesão se encerrou na segunda-feira (14/08), e no Bradesco interessados em aceitar os termos propostos podem fazer a opção até o dia 31.


Sindicato de Arapoti convoca Assembleias

Na pág. 3, o Vida divulga as Assembleias que serão realizadas pelo Sindicato de Arapoti nos dias 22 e 29/08. No dia 22, a diretoria da entidade vai debater com bancários e bancárias a criação da CCV (Comissão de Conciliação Voluntária) com o Itaú e a forma como será encaminhado o Desconto Assistencial, referente à Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2018.

A Assembleia do dia 29/08 do Sindicato de Arapoti vai deliberar a respeito da Prestação de Contas do exercício de 2016 e definir um parâmetro para as mensalidades, levando em conta o fim da Contribuição Sindica, aprovada pela reforma trabalhista.

PLR 2017

Leia na pág. 4 informações sobre o pagamento da primeira parcela da PLR 2017. Os bancos privados e a Caixa têm prazo até o dia 30/09 para quitar este direito.

No BB, conforme estabelece o Acordo Aditivo, o crédito da PLR será feito em até 10 dias úteis após a distribuição dos dividendos aos acionistas.

Comemorações Dia da Categoria Bancária

Saiba mais sobre as tradicionais atividades promovidas pelos Sindicatos de Arapoti, Cornélio Procópio e de Londrina em comemoração ao Dia 28 de Agosto – Dia da Categoria Bancária.

Em Londrina, o Baile dos Bancários será realizado dia 25/08 no Iate Clube, com animação da Banda Renasix. Restam poucos convites à venda. Mais informações pelo telefone (43) 3372-8787.

No dia 26/08 a festa vai ser na AABB de Wenceslau Braz, onde ocorrerá o esperado almoço organizado pelo Sindicato de Arapoti. Interessados em participar devem confirmar presença junto à Secretaria (43) 3557-1516 ou pelo e-mail seebarapoti@gmail.com.

A agenda de eventos terminará no dia 2 de setembro, com o concorrido Baile dos Bancários de Cornélio Procópio. A festa será animada pela Banda OZ no salão da Associação Atlética.

Clique aqui para ler estas e outras informações no Vida Bancária desta semana.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE