Funcionários do Bradesco vivem momentos de tensão durante assalto

A tentativa de assalto à agência 10 de Dezembro foi a oitava ocorrência envolvendo bancos este ano na base de Londrina A tentativa de assalto à agência 10 de Dezembro foi a oitava ocorrência envolvendo bancos este ano na base de Londrina
sábado, 11/03/2017

A agência do Bradesco localizada na Avenida 10 de Dezembro, na Zona Leste de Londrina, foi atacada por três assaltantes, que chegaram ao banco no início da manhã de ontem (10/03) e renderam vigilantes, bancários e bancárias.

Agindo com muita truculência, os bandidos amarraram todas as pessoas e queriam que fosse aberto o cofre, mas felizmente a movimentação chamou a atenção de vizinhos, que acionaram a Polícia Militar. Como um dos assaltantes ficou em frente ao prédio, deve ter alertado seus comparsas, que fugiram rapidamente em um carro de um dos funcionários.

Diretores do Sindicato de Londrina estiveram no local e solicitaram encaminhamento dos bancários e bancárias para tratamentos médico e psicológico, abertura de CAT (Comunicação de Aciedente do Trabalho), bem como a suspensão do expediente da agência durante todo o dia.

“O pessoal ficou muito abalado com a forma violenta como os assaltantes agiram. Uma funcionária teve que ser atendida, tamanha a pressão que sofreu”, relata Aelton Alves Pereira, diretor do Sindicato de Londrina.

Para Aelton, os bancos precisam rever seus programas de segurança e investir em novos mecanismos para impedir assaltos, mas na avaliação dele o governo do Paraná não adotou uma política mais efetiva de combate à violência, por isso a população está insegura devido ao elevado número de assaltos que vem ocorrendo nos últimos tempos no Estado.

“Ninguém está seguro atualmente, seja em casa, no trabalho e até mesmo no trânsito. Os bandidos estão soltos por aí”, critica.

Por Armando Duarte Jr.  

COMPARTILHE