Agência do BB em Rio Branco do Ivaí volta a ser atacada por bandidos

A unidade do BB em Rio Branco do Ivaí foi alvo de um violento assalto no dia 12 de janeiro deste ano A unidade do BB em Rio Branco do Ivaí foi alvo de um violento assalto no dia 12 de janeiro deste ano
segunda-feira, 26/12/2016

A explosão no caixa eletrônico resultou em poucos danos
na agência do BB em Rio Branco do Ivaí

Na madrugada da última sexta-feira (23/12), a agência do Banco do Brasil de Rio Branco do Ivaí, na base territorial do Sindicato de Apucarana, voltou a ser atacada por uma quadrilha de assaltante de banco.

Dessa vez, a unidade teve um dos caixas eletrônicos explodido, mas devido à baixa potência dos artefatos utilizados os bandidos não conseguiram ter acesso ao dinheiro.

Os diretores do Sindicato de Apucarana, Damião Rodrigues e Zoraide Bassaco Sanches, estiveram no local na manhã de hoje (26/12) para verificar a situação da agência e conversar com os funcionários e funcionárias.

De acordo com Damião, que é membro do Coletivo de Segurança Bancária da Contraf-CUT, no início deste ano o BB de Rio Branco do Ivaí foi alvo de um violento assalto, no qual bancários, bancárias e clientes foram feitos reféns pela quadrilha de assaltantes.

“Em função disso, três funcionários tiveram que sair de licença para tratar das sequelas do assalto, o que comprometeu o atendimento da agência. Agora, com esse novo ataque, os nervos de toda a cidade voltar a ficar à flor da pele com medo de que os bandidos voltem a agir”, relata.

"A falta de segurança nos municípios menores faz com que esses meliantes especializados em arrombamentos de caixas eletrônicos continuem agindo tranquilamente. O efetivo da policia militar é insuficiente para conter essas ações", critica Damião Rodrigues, lembrando que no último dia 11 a agência do Bradesco em Rosário do Ivaí também foi explodida.

Para piorar ainda mais a situação, a agência de Rio Branco do Ivaí vai ser transformada em Posto de Atendimento, conforme prevê a reestruturação que está em curso no BB. Com isto, a cidade não terá mais nem um banco para oferecer os diversos serviços bancários.

Por Armando Duarte Jr.
Fonte: Blog do Berimbau

COMPARTILHE