Quadrilha ataca agência do Banco do Brasil em Andirá

A agência do BB em Andirá havia sido atacada por bandidos no dia 13/10 do ano passado A agência do BB em Andirá havia sido atacada por bandidos no dia 13/10 do ano passado
quarta-feira, 08/03/2017

As explosões voltaram a causar danos de grande monta na agência do BB em Andirá

A rua do banco foi interditada para aguardar a chedada do esquadrão antibombas de Curitiba

Fortemente armados, cerca de 20 bandidos cercaram por volta das 3h30 da madrugada desta quarta-feira (8/03) o destacamento da Polícia Militar em Andirá para atacar agência do Banco do Brasil na cidade.

A quadrilha explodiu os caixas eletrônicos e levou malotes, deixando muito estrago para trás.

Como foram deixados explosivos no prédio, as imediações das agências foram interditadas até que chegasse o esquadrão antibombas de Curitiba para desarmar.

Os bandidos tomaram de assalto e depois incendiaram carretas para bloquear as estradas que ligam Andirá a Cambará e Bandeirantes, com o objetivo de impedir a perseguição pela Polícia Militar.

Carlos Alberto Martins, secretário de Comunicação do Sindicato de Cornélio Procópio, afirma que a cidade nunca passou por uma ação tão violenta quanto essa.

“As explosões foram muito fortes e deu para ouvir até mesmo de Bandeirantes. Fazia tempo que população não via algo assim tão violento na Região”, salienta Martins.

As últimas ocorrências policiais envolvendo bancos na base territorial do Sindicato de Cornélio Procópio foram registradas no dia 2 de dezembro de 2016, nas agências do Sicredi e do Bradesco em Santa Amélia. Antes, no dia 13 de outubro, a agência do BB também teve os caixas eletrônicos explodidos por bandidos.

Por Armando Duarte Jr. 

COMPARTILHE