Sindicato discute o combate ao assédio moral com funcionários do Itaú

Nágila Slaibi, diretora do Sindicato de Londrina, falou aos funcionários do Itaú em Rolândia sobre o canal de denúncias sobre assédio moral Nágila Slaibi, diretora do Sindicato de Londrina, falou aos funcionários do Itaú em Rolândia sobre o canal de denúncias sobre assédio moral
sexta-feira, 01/12/2017

Clique na imagem para ler o folder
com explicações sobre o combate
ao assédio moral

Dando prosseguimento à campanha de combate ao assédio moral, o Sindicato de Londrina se reuniu na quinta-feira (30/11) com bancários e bancárias da agência do Itaú em Rolândia.

No encontro foi distribuído o folder que tem informações a respeito do Acordo Coletivo assinado entre as entidades sindicais e os principais bancos que estabelece o canal de denúncia contra os casos de assédio moral.

Nágila Slaibi, diretora do Sindicato de Londrina, explica que este instrumento é uma conquista da Campanha de 2010 da categoria e que desde então vem sendo aprimorado por meio de negociações semestrais entre as partes para avaliar os casos encaminhados aos bancos e seus resultados.

Foi assim que as entidades sindicais conseguiram reduzir o prazo para que os bancos apresentem posicionamento a respeito dos casos encaminhados pelos Sindicatos, que era de 60 e passou para 45 dias.

"O Sindicato tem recebido muitas denúncias desse tipo de conduta nos locais de trabalho, por isso é importante a categoria conhecer e fazer uso desse direito para que possamos combater o assédio moral, cobrando providências imediatas dos bancos", ressalta Nágila, lembrando que é garantido o sigilo os bancários e bancárias que fizerem denúncias através dos Sindicatos.

Por Armando Duarte Jr

COMPARTILHE