Atividade em Apucarana denuncia a reforma trabalhista do Itaú

O Sindicato retardou a abertura da agência 3724 em protesto contra ataques aos direitos dos funcionários O Sindicato retardou a abertura da agência 3724 em protesto contra ataques aos direitos dos funcionários
quinta-feira, 01/02/2018

A agência 3724 do Itaú abriu mais tarde nesta quinta-feira (1º/02) devido à manifestação feita pelo Sindicato de Apucarana no Dia Nacional de Luta contra a aplicação da reforma trabalhista pelo banco.

Segundo Maria Salomé Fujii, presidenta do Sindicato de Apucarana, os bancos estão querendo colocar em prática a reforma trabalhista e assim passar por cima de diversos direitos previstos na Convenção Coletiva de Trabalho da categoria sem qualquer discussão com o movimento sindical.

“Não aceitamos a retirada de nenhuma conquista, como já deixou claro o Comando Nacional dos Bancários ao apresentar aos bancos no ano passado um Termo de Compromisso, no qual queremos que não sejam aplicadas as mudanças na legislação sobre o que nós já temos garantido na Convenção e nos Acordos Aditivos”, recorda.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE