Mobilização nacional cobra respeito aos direitos dos funcionários

Sindicato de Londrina realizou atividades em três agências do Itaú no dia de mobilização nacional dos funcionários Sindicato de Londrina realizou atividades em três agências do Itaú no dia de mobilização nacional dos funcionários
quinta-feira, 01/02/2018

Nesta quinta-feira (1º/02), Sindicatos de todo o País estão realizando manifestações no Itaú no Dia Nacional de Luta em Defesa dos Direitos.

Em Londrina, o Sindicato retardou até o meio dia a abertura do expediente das agências 108, Ouro Verde e da 8092, que abriga a Regional do banco,  e distribuiu Carta Aberta aos clientes e usuários com informações a respeito da decisão do banco de não fazer as homologações dos funcionários e funcionárias desligados no Sindicato.

De acordo com Regiane Portieri, presidenta do Sindicato de Londrina, os bancos estão querendo impor as mudanças na legislação trabalhista para reduzir direitos, o que acarretará inúmeros prejuízos para a categoria.

“O Itaú já tentou impor o parcelamento das férias, mas conseguimos barrar, e agora não quer mais fazer as homologações nos Sindicatos, numa verdadeira falta de respeito com a representação dos bancários e bancárias”, critica Regiane.

 Na avaliação dela, o Itaú, assim como os demais bancos privados, apoia e financia o governo de Michel Temer (PMDB) e está querendo receber a fatura com ataques a conquistas importantíssimas da Classe Trabalhadora.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE