Assembleia do Sindicato de Arapoti dia 22/08 discute criação da CCV

A CCV é um canal mais ágil, em relação à Justiça do Trabalho, para resolver pendências trabalhistas, e sem custos A CCV é um canal mais ágil, em relação à Justiça do Trabalho, para resolver pendências trabalhistas, e sem custos
quinta-feira, 10/08/2017

O Sindicato de Arapoti vai realizar Assembleia específica dos funcionários e funcionárias do Itaú no dia 22 de agosto para deliberar a respeito da assinatura de Acordo Coletivo de Trabalho com o banco, regulamentando a CCV (Comissão de Conciliação Voluntária).

A CCV, segundo explica Carlos Roberto de Freitas, presidente do Sindicato de Arapoti, é um canal destinado a resolver as pendências trabalhistas de ex-funcionários com o banco, de forma mais ágil em relação à Justiça do Trabalho e sem custos.

“Como diz o nome, a CCV é opcional, ou seja, o bancário e a bancária que foram demitidos e têm direitos pendentes, não quitados pelo Itaú na homologação do contrato de trabalho, podem solicitar a conciliação dos mesmos. Isto é apresentado ao banco, que, por sua vez, vai apresentar uma proposta, cabendo ao ex-funcionário avaliar se aceita ou não o que for oferecido”, explica.

A Assembleia será realizada às 18h30 na Sede do Sindicato de Arapoti, que está localizada na Rua dos Expedicionários, 183, em Arapoti.

Por Armando Duarte Jr. 

COMPARTILHE