Itaú sofre novo protesto contra demissão em Londrina

A agência 109, do Itaú, está paralisada nesta quinta-feira (7/12) em protesto por mais uma demissão efetuada pelo banco A agência 109, do Itaú, está paralisada nesta quinta-feira (7/12) em protesto por mais uma demissão efetuada pelo banco
quinta-feira, 07/12/2017

Nesta quinta-feira (7/12), a diretoria do Sindicato de Londrina está realizando a Operação “Demitiu, Parou” na agência 109, do Itaú, em protesto contra a dispensa de uma gerente de empresas que tem problemas de saúde.

Segundo Kelly Menegon, secretária de Saúde do Sindicato de Londrina, esta é a segunda vez que esta funcionária é demitida pelo banco. Na primeira, ocorrida no ano passado, a reintegração foi conseguida administrativamente depois que o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) constatou que ela era portadora de LER/DORT (Lesões por Esforços Repetitivos/Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho).

“Agora que acabou a estabilidade no emprego por um ano, esta bancária requereu novamente o benefício ao INSS, mas este foi negado e o Itaú nem aguardou o resultado do recurso para demiti-la, mesmo sabendo que ainda precisa continuar com o tratamento”, critica Kelly.

A diretora do Sindicato de Londrina afirma que isto comprova a falta de respeito que o banco tem com funcionários e funcionárias, impondo um ritmo de trabalho cada vez mais puxado para obter lucros mais altos, sem se preocupar com as consequências disso.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE