Coletivo de Sindicatos discute impactos da reforma nos direitos da Classe Trabalhadora

Na sexta-feira (22/09) foi realizado o segundo módulo do Seminário do Coletivo de Sindicatos de Londrina Na sexta-feira (22/09) foi realizado o segundo módulo do Seminário do Coletivo de Sindicatos de Londrina
segunda-feira, 25/09/2017

As diretoras do Sindicato de Londrina Renata Matoso e Nágila Slaibi na intevenção teatral sobre trabalho intermitente

O juiz trabalhista Reginaldo Melhado proferiu palestra sobre as mudanças na legislação trabalhista

“A reforma trabalhista veio para destruir a cidadania e a democracia do sistema de trabalho”. Foi com esta frase que o juiz da 6ª Vara da Justiça do Trabalho de Londrina, Reginaldo Melhado, abriu sua palestra no segundo módulo do Seminário “Reforma Trabalhista: Perspectivas da Luta Sindical”, realizado na sexta-feira (22/09), no auditório do Sindel (Sindicato dos Trabalhadores nas empresas de Energia de Londrina).

O evento tem como objetivo capacitar os sindicalistas com informações sobre as mudanças que ocorrerão na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) a partir do dia 14 de novembro, quando entrarão em vigor as mudanças na legislação trabalhista.

Durante o Seminário houve esquete teatral e debates em grupos, que aprofundaram temas como trabalho intermitente, teletrabalho e terceirização, dentre outros.

“Tem sido uma experiência muito rica, com muitos militantes da área jurídica contribuindo com o debate sobre a Reforma Trabalhista”, declara Wanderley Crivellari, secretário de Assuntos Jurídicos do Sindicato de Londrina.

Na próxima semana será a vez do advogado da área trabalhista e previdenciária, Ludimar Rafain, falar sobre os impactos da reforma no Direito Coletivo. 

COMPARTILHE