Decisão liminar reintegra dirigente do Sindicato de Londrina vítima de conduta antissindical

Decisão liminar reintegra dirigente do Sindicato de Londrina vítima de conduta antissindical
terça-feira, 07/08/2018

Um dos diretores eleitos para atuar no Sindicato de Londrina, empregado do Banco Santander, conseguiu decisão liminar da 4ª Vara do Trabalho de Londrina que reverte suspensão aplicada pelo banco. Na tentativa de enfraquecer o movimento sindical, o banco vem adotando condutas que evidenciam perseguição aos diretores eleitos não liberados.

Entre os diretores não liberados, um sofreu danos muito graves, pois, foi afastado arbitrariamente das suas funções, sem qualquer garantia de salário e demais benefícios.

A assessoria jurídica do Sindicato de Londrina, por meio da doutora Roberta  Baracat De Grande, propôs ação demonstrando que a acusação feita pelo banco não condiz com a realidade e requereu a imediata reintegração do dirigente.

O pedido liminar de reintegração foi deferido e o sindicato aguarda o prazo estipulado para que o banco cumpra a decisão judicial.

COMPARTILHE