Audiência na terça (17/10) na Alep debate defesa dos bancos públicos

Audiência na terça (17/10) na Alep debate defesa dos bancos públicos
sexta-feira, 13/10/2017

O movimento sindical bancário do Paraná reforça a campanha em defesa dos bancos públicos com o debate a ser realizado na terça-feira (17/10) na Alep (Assembleia Legislativa do Paraná). A Audiência Pública em defesa dos bancos públicos ocorrerá às 18h30, no Plenarinho da casa, e foi convocada pelo deputado Tadeu Veneri (PT), atendendo solicitação dos Sindicatos cutistas do Estado.

O evento vai abordar além da defesa do emprego na categoria, o papel das empresas públicas em prol de toda a população, especialmente dos mais pobres.

Os bancos públicos são responsáveis por 86% do crédito de longo prazo (acima de cinco anos para pagamento), incluindo aí financiamento da agricultura familiar, da moradia para a baixa renda e em infraestrutura básica.

De acordo com o professor Fernando Nogueira da Costa, do Instituto de Economia da Unicamp, o desmonte dos bancos públicos promovido pelo governo Temer fica evidente com os cortes no acesso ao crédito para a população. Somente o crédito neste momento de grande depressão econômica sem precedentes no Brasil poderia estimular o crescimento sustentável da renda e do emprego. Essa política, segundo ele, vai contra inclusive o ajuste fiscal em vigor, que tem a justificativa de aumento da arrecadação, mas sem emprego, sem renda, sem crédito e sem consumo, não há arrecadação tributária.

Para o movimento sindical bancário, os programas de desligamento voluntário promovidos na Caixa e a reestruturação no BB são indícios de um programa de privatização dos bancos públicos, ao precarizar o atendimento à população e sucatear as estruturas.

Por Paula Padilha/Sindicato de Curitiba

COMPARTILHE