Movimento Força UEL busca apoio da sociedade

Barracas montadas no Calçadão divulgam os serviços e pesquisas realizadas pela UEL Barracas montadas no Calçadão divulgam os serviços e pesquisas realizadas pela UEL
terça-feira, 20/06/2017

Estudantes de Artes Cênicas e de outros Cursos participam da manifestação em defesa da UEL

O Coletivo Sindical de Londrina também se solidariza com a luta dos estudantes, servidores e professores da UEL

Estudantes, professores e servidores da UEL (Universidade Estadual de Londrina) realizam manifestação hoje (20/06) no Centro da Cidade em busca de apoio da população contra o desmonte imposto pelo governo Beto Richa (PSDB) às instituições públicas de Ensino Superior.

Em barracas montadas no Calçadão estão expostos os trabalhos desenvolvidos pela UEL junto à sociedade, que dizem respeito não só ao ensino, mas também a atividades de pesquisa em várias áreas, serviços de extensão à comunidade, como, por exemplo, a Farmácia Escola, o Hospital Universitário, Hospital das Clínicas e Hospital Veterinário, dentre outros.

O ataque do governador às Universidades Estaduais é justificado como forma de controlar os gastos realizados com o pagamento de salários e viagens. Beto Richa que forçar as instituições a se enquadrarem no sistema de RH Meta 4, pelo qual todas as despesas passariam a ser controladas pelo governo, incluindo gratificações aos professores.

Como as instituições se recusaram a aderir a esse sistema, o governador bloqueou recursos, inviabilizando com isso pagamento de fornecedores e engessando diversas atividades.

“Estamos ao lado da UEL e demais Universidades Estaduais do Paraná nesta luta em defesa da autonomia administrativa, até mesmo porque o custo delas para o governo é insignificante se comparado ao de outros setores”, argumenta Regiane Portieri, presidenta do Sindicato de Londrina.

Material distribuído na manifestação de hoje (20) informa que o custo da UEL representa apenas 1,38% do Orçamento anual do Estado do Paraná.

Para Regiane, essa medida de retaliação de Beto Richa é uma forma de ampliar o desmonte do Ensino Público com a intenção de privilegiar as faculdades privadas, receita esta que faz parte da política de governos neoliberais.

Por Armando Duarte Jr. 

COMPARTILHE