XI Congresso da Fetec-CUT/PR define plano de ações para a categoria

O XI Congresso Estadual da Fetec-CUT/PR reuniu cerca de 110 delegados e delegadas em Curitiba O XI Congresso Estadual da Fetec-CUT/PR reuniu cerca de 110 delegados e delegadas em Curitiba
terça-feira, 30/05/2017

Integrantes da nova diretoria da Fetec-CUT/PR, eleitos durante o XI Congresso Estadual dos Bancários

O XI Congresso Estadual da Fetec-CUT/PR foi realizado nos dias 27 e 28 de junho, em Curitiba, com a participação de aproximadamente 110 delegados e delegadas, representando os 10 Sindicatos de Bancários cutistas do Paraná.

O evento teve definiu o posicionamento da entidade diante do governo de Michel Temer (PMDB), aprovou o plano de lutas para os próximos três anos e elegeu a nova diretoria da Fetec-CUT/PR. A Chapa “Quem Luta faz a História” foi eleita por aclamação durante o Congresso e tem à frente o atual presidente da Fetec, Junior Cesar Dias.

Estavam presentes também o presidente da Contraf-CUT, Roberto Antonio Von der Osten, a presidenta da CUT-PR, Regina Cruz, o secretário-geral da entidade, Marcio Kieller, entre outros convidados.

Durante os debates houve consenso entre as lideranças e os delegados que é preciso combater o fascismo social e as reformas trabalhista e da previdência, que o governo Temer tenta aprovar a qualquer custo.

O novo coordenador da Regional Vida Bancária é Roberto Firmino, diretor do Sindicato de Cornélio Procópio, que era secretário de Assuntos Jurídicos da Fetec-CUT/PR. Para Firmino, a unidade da categoria é essencial para combater as reformas trabalhistas que estão em andamento no Congresso Nacional, que visam flexibilizar e retirar direitos. “Precisamos refletir sobre a nossa luta e como fortalecer a organização sindical. Divergências sempre irão existir, no entanto, é preciso superar isso pela via da unidade de ação”, avalia.

25 anos de luta

A Fetec-CUT/PR aproveitou a presença dos dirigentes sindicais cutistas do Estado e de lideranças regionais e nacionais no XI Congresso para comemorar os 25 anos de fundação da entidade, completados no dia 19 de janeiro de 2017.

Júnior César Dias, presidente reeleito da Fetec-CUT/PR, destacou a representatividade e o posicionamento da Federação ante as tentativas do atual governo em prejudicar os trabalhadores e trabalhadoras.

“Acredito que a Fetec é um foco de resistência contra os avanços neoliberais ao participar da defesa da sociedade como um todo. Somos contra o golpe que se instalou no Brasil ao tirar a presidenta Dilma, eleita democraticamente, para instalar um vice que, com o apoio dos partidos perdedores, quer instalar uma agenda que só vai beneficiar a elite do país. Esse é o objetivo da Fetec: lutar pelos trabalhadores e trabalhadoras. Nascemos em um momento difícil do Brasil. Vivemos um período conturbado. Mas não temos medo disso. Nossa luta vai continuar, sem esmorecer”, afirmou Junior.

Por Armando Duarte Jr.
Fonte: Fetec-CUT/PR

COMPARTILHE