Professores de Rede Estadual decidem suspender greve

A Assembleia Geral da APP Sindicato reuniu mais de 3 mil pessoas ontem (31/10), em Curitiba A Assembleia Geral da APP Sindicato reuniu mais de 3 mil pessoas ontem (31/10), em Curitiba
segunda-feira, 31/10/2016

Em Assembleia realizada ontem (31/10), em Curitiba, professores e professoras da Rede Estadual de Ensino deliberaram pela suspensão da greve deflagrada há 15 dias contra a ameaça de calote no reajuste em 20017.

Segundo informou a APP Sindicato, a maioria dos mais de 3 mil professores e professoras presentes à Assembleia votou pela suspensão do movimento para garantir a conclusão do ano letivo e levou em conta a retomada das negociações com o governo do Estado.

“O item principal que motivou a greve, foi o desrespeito com os servidores. A data base também é dívida, não é um aumento. O governador quebrou um compromisso que ele mesmo havia feito com a nossa categoria. O que temos direito é ao reajuste do poder de compra que precisa ser corrigido, pelo menos, uma vez por ano. A fala oficial do governo Richa é de que a data base é um ganho e de que pode ser adiada para quando houver dinheiro em caixa, quem sabe em 2018. Isso é desrespeitoso”, defendeu o presidente da APP-Sindicado, professor Hermes Silva Leão.

A greve dos professores, professoras e de outras categorias dos servidores estaduais do Paraná foi deflagrada depois que o secretário Estadual da Fazenda, Mauro Ricardo Costa ter anunciado que o reajuste salarial de janeiro de 2017 só será pago se houver dinheiro em caixa.

O que era uma ameaça do secretário se tornou realidade com o envio pelo governador Beto Richa (PSDB), no dia 3 de outubro, do projeto de lei 43/2016, que condiciona o pagamento do reajuste e das promoções dos servidores ao aumento da arrecadação de impostos.

O reajuste em janeiro de 2017 está previsto na Lei 18.493/2015, aprovada na Assembleia Legislativa, que regulamentou o acordo feito entre o governo do Estado e os servidores, o que levou ao fim a greve realizada no ano passado, que durou 44 dias.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE