GREVE GERAL

Sindicato de Londrina retarda abertura de sete agências na área central

Sindicato de Londrina retarda abertura de sete agências na área central
sexta-feira, 14/06/2019

Seguindo seu papel de atuar em prol da defesa dos direitos da categoria bancária e do conjunto da Classe Trabalhadora, o Sindicato de Londrina está retardando nesta sexta-feira (14/06) a abertura de sete agências localizadas na área central da cidade.

Esta ação, segundo o presidente do Sindicato de Londrina, Felipe Pacheco, é uma contribuição da entidade à Greve Geral convocada pela CUT e demais Centrais Sindicais para impedir a aprovação da reforma da Previdência, defender os bancos públicos, por políticas de geração de empregos e por mais recursos para a Educação.

“Não podemos ficar à margem dessa luta que está ocorrendo na maioria dos Estados brasileiros contra o fim da aposentadoria e cortes de repasses do governo para as áreas sociais. Todos sabem que essa reforma só interessa aos bancos e detentores de títulos das dívidas da União, por isso, só nos resta protestar para ampliar a força desse movimento legítimo”, argumenta.

A defesa dos bancos públicos, segundo Felipe, também é necessária, porque essas instituições são fundamentais para alavancar o desenvolvimento econômico e social do País e não podem ser privatizadas, como quer o governo.

Estão com a abertura do atendimento retardado nesta sexta-feira (14) em Londrina as seguintes unidades localizadas no entorno do Calçadão: agência Pé Vermelho, da Caixa, prédio central do Bradesco, Itaú da Rua Pernambuco, agência Centro do Santander, Itaú 0109, prédio central do Banco do Brasil e Caixa Ouro Verde, localizada na Rua Professor João Cândido.

Roteiro de luta

A concentração da Greve Geral em Londrina foi iniciada às 9h00, em frente ao Terminal Central de Transporte Coletivo. Às 10h00, haverá um Ato Público no local e por volta das 13h00 trabalhadores e trabalhadoras sairão em passeata pelas ruas em direção à agência da Previdência Social. Logo após, trabalhadores e trabalhadoras estarão reunidos na região do antigo Coreto do Calçadão para finalizar as atividades da Greve Geral.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE