CORNÉLIO PROCÓPIO

Sindicato colhe assinaturas da população contra a reforma da Previdência

Reaja agora: Sindicato de Cornélio intensifica coleta de assinaturas contra a aprovação da PEC 06 Reaja agora: Sindicato de Cornélio intensifica coleta de assinaturas contra a aprovação da PEC 06
quarta-feira, 17/04/2019

É grande o número de pessoas em Cornélio Procópio que estão assinando o documento contra a reforma da Previdência

Durante a atividade estão sendo distribuídos materiais com informações sobre as consequências das mudanças nas regras da aposentadoria

Dirigentes do Sindicato de Cornélio Procópio estão realizando nesta quarta-feira (17/04) atividade em frente à agência da Caixa Econômica Federal para mobilizar a categoria contra a aprovação da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 06/2019, que altera as regras da Previdência Social no Brasil.

Estão sendo distribuídos materiais com informações sobre a proposta do presidente Jair Bolsonaro (PSL), alertando para o aumento do tempo de contribuição e a idade mínima para se aposentar caso essa reforma seja aprovada no Congresso Nacional, e o fim do sistema de Assistência Social no País.

“Muitas pessoas tem nos procurado para assinar o documento contra a mudança nas regras da Previdência, sabendo que se não houver pressão acabará a aposentadoria no Brasil”, relata Tais Ferreira, secretária de Assuntos Jurídicos do Sindicato de Cornélio Procópio.

Na avaliação de Tais, a Classe Trabalhadora, incluindo aí aposentados, agricultores e donas de casa precisam abrir os olhos e reagir para impedir que essa reforma passe na Câmara dos Deputados e no Senado, pois estes dois últimos segmentos serão os mais prejudicados pela PEC 06.

 “A mudanças feitas pelo governo Bolsonaro só beneficiarão os bancos, ao abrir um mercado maior da previdência privada, e os patrões, que deixarão de pagar as contribuições referentes à folha de pagamento para novos funcionários e nem mesmo recolher o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). Será o fim”, ressalta.

Para saber mais sobre a mobilização contra a reforma da Previdência, acesse o perfil do Comitê Estadual em Defesa da Aposentadoria. https://www.facebook.com/comitequeromeaposentar/

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE