Agência Alto Higienópolis é alvo da Operação ‘Demitiu, Parou” no Santander

Dirigentes do Sindicato de Londrina exigem o fim das demissões durante novo protesto no Santander Dirigentes do Sindicato de Londrina exigem o fim das demissões durante novo protesto no Santander
quarta-feira, 16/08/2017

O prédio da agência Alto Higienópolis, onde fica a Superintendência Regional do Santander em Londrina, está com as atividades paralisadas hoje (16/08) por dirigentes do Sindicato de Londrina.

A Operação “Demitiu, Parou” é motivada pela demissão de uma funcionária que era coordenadora de agências realocada na Regional e foi dispensada sem justa causa, após cerca de oito anos de serviços prestados, sendo mais uma vítima da ganância do banco espanhol,

Esta foi a sexta demissão efetuada pelo Santander na base territorial do Sindicato de Londrina este ano e ocorreu no momento em que o Comando Nacional da categoria está prestes a negociar com os bancos as reivindicações da Campanha 2017, que tem a manutenção dos empregos como prioridade.

“Não concordamos com cortes de pessoal no setor mais lucrativo do País e que está imune a crises. Basta ver que no primeiro semestre deste ano o Santander obteve o maior lucro de sua história no Brasil, com 4,615 bilhões de reais”, argumenta Regiane Portieri, presidenta do Sindicato de Londrina.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE